janeiro 29, 2008

[RESCALDO] Saída 27 Janeiro

E a malta à espera...!!!

Já tá tudo... Eu sou este... Tu és aquele!!!
Os cumprimentos da praxe...!!!

Cá estão eles... os tractores devoradores...!!!

É bonita sim senhora...!!! Aliás... até parece um avião...!!!
(E ele nem gosta de aviões...!!!)

Mais vale agarrado à rede que agarrado ao pau...!!!

Cá tá ela...!!! Canyon Nerve XC não sei quantos
(Lá nervosa é ela...!!! Esperemos que não esteja doente)
Ganda máquina

Não é tão cara... mas havendo perninhas (o que é o caso...!!!)
é bem capaz de chegar à frente

Deixem-se andar ai... e não pedalem que não é preciso...!!!

Olha-me este... Afinal sempre veio...!!!
Ganda Marco... Já tinhamos saudades...

Olha o Zé...!!! Mais um para o grupo...!!!
Bom de pedal, este Zé...
Bem vindo

Cá está o povo...
E a malta à espera...!!!

Parece que estão na praia...!!!

O Miguel e o seu tractor...!!!

O Zé e a sua carroça...!!!

O Pedro e a sua nova bichinha...

0840 Encontram-se na garagem três dos participantes deste, cada vez maior, :) pelotão de btttistas...
0845 O Pedro mostra em primeira mão a sua nova pérola (Finalmente... Como é possivel manter esta bichinha parada mais de um mês - é preciso coragem...)
0846 O Miguel apresenta-se ao serviço... Más notícias... o raio do pneu não está a colaborar... tá zangado e deixou o ar sair à frente...
0900 No local combinado, o de sempre, já desesperavam por notícias os restantes participantes... Ainda para mais com os regressados Álvaro (Grande regresso... e que forma para quem não anda há dois meses e upas...), Marco... (no comments...!!!), o recentemente formado Bruno (GUR para o amigos), e o Zé (mais um...!!! que imaginação...!!!) que se lembrou, e bem, de se juntar à malta...

Desculpas aceites... e após alguns minutos de contemplação do novo "CANHÃO" do Pedro... Lá seguimos para o que mais interessa... os trilhos!!!

Depois de acessa discussão... :) acerca do trajecto a tomar... lá seguimos em direcção a um sector antigo..., o primeiro que por aqui descobrimos, e que há muito não fazíamos. Atravessado o NINHO DO MOCHO e o seu sempre agradável "Vesúvio" lá fomos em direcção ao "Kamikaze" do SERRALHEIRO. Antes, ainda um momento de trekking obrigatório... com elas às costas (lá chegará o dia em que não será necessário... arrear...!!! Já foi mais um bocadinho...!!!).

Ainda houve tempo para outra estreia... O Pedro trazia a camcorder e então lá lhe demos um pouco de uso...!!!

Passámos pelo, sempre obrigatório, carrocel da "minha" quinta para imaginar, mais uma vez, as obras... que por ali faria... E curtindo que nem uns malucos passámos à fase de ligação entre os dois sectores... São alguns k's menos interessantes e de algum desgaste... mas necessários...!!!

Chegados à rotunda da Malveira... seguimos pelo percurso habitual via MATA DO ABADE para o Single dos MOINHOS STA MARIA, passando, claro está... pelo "Up Tunel" que foi vencido por, ...quase, toda a gente...!!! :) No alto... mesmo antes de embarcármos no single... uma paragem para agrupar o povo... e dar umas experimentadelas nos "ferrari's" presentes...!!! (Aquilo parecem uns sofás... spectáculuuuu!!!!)

Follow the leader... leader, leader para um encontro imediato com as vaquinhas que quase já fazem parte da malta... salvo seja...!!! Vaquinha o caraças... aquilo era mas é um ganda boi... e em pontas... Se um dia o quadrúpede pensa, assim por acaso, vou-me levantar...!!! quero ver como é... há-de ser lindo......!!! Felizmente por ali ficou, deitadito... pensando na sua pacata e feliz existência... (ou não...!!! ele lá saberá...!!!!).

Lá em baixo... no Portão... do sr. X (que o vai mantendo aberto... felizmente) lá houve um sujeito meio desajeitado... quase parado..., ok... parado...!!! que se lembrou de se mandar para o chão... só para ver como estava o terreno... Claro que o resto do pessoal pensou que ele tinha tombado... nada mais errado... Enfim... um gajo mete-se com amadores...é o que dá!!! Adiante... :)

Neste ponto, o Zé (o outro, o novo) teve de se retirar por afazeres domésticos de muito maior importância... como seja um ganda churrasco para a familia... Para a semana contamos contigo outra vez...

Seguimos rápidamente para o "Tunel 02"... pensando... Será..??? Será que vamos repetir a façanha...??? Força Pedro... força...!!! agora sim "follow the leader". Lá seguiu a Canyon... e lá fui eu atrás dela (só para não a perder de vista...) e lá chegámos acima outra vez... afinal não tinha sido sorte de principiante...!!! Está a tornar-se hábito... Até ver... :)

E lá foi o grupo, compacto... para o Lobo pela "Rampa da Quinta". Mais um bom momento para dar largas às capacidades audiovisuais com mais uma filmagem num ponto estratégico. O Pedro seguiu na frente para se posicionar convenientemente para a sua mais recente realização cinéfila...!!! Nós logo atrás com o nosso melhor ar... para aparecermos no aparelho... Esperemos que os resultados tenham sido do agrado... do realizador...!!!

No acesso para a "Descida do Rio", uma pequena paragem para recuperar o "pessoal perdido" e dar espaço ao grupo do "cabeleireiro" do GUR AHAHAHAHAHAHAHAH!!!!!!! (Ganda tirada... no worries man... whatever you like!!! AHAHAHAHAHAHAHAH!!!)

Seguindo para a rampa na expectativa que a lama já tivesse dado lugar a um certo e determinado "powder" que permitisse uma boa descida... o que se veio a verificar...!!! Entre nós os seis, mais o pessoal do outro grupo, de repente, éramos uns 12 ou 13 por ali abaixo... Bonito...de se ver!!! Parecia uma montanha russa... num emaranhado muito activo de raios, correntes e seus derivados...

Lá em baixo... depois de algumas apalpadelas para verificar a resistência do terreno por parte de alguns mais incautos participantes, atravessamos o ribeiro e seguimos direitinhos à subida do CRLI. Antes do CRLI, onde pararíamos para uma foto de conjunto, separamo-nos do grupo do "cabeleireiro" que seguiu para a N8.

Depois do descanso do guerreiro, seguimos em direcção à linda e maravilhosa casa ocre para mais um trilho no mato profundo até chegarmos a N8. No intermeio ainda tempo para mais um espectáculo de alguma inconsciência por parte daqueles quadrúpedes (sem aspas) de quatro rodas motrizes que ainda de cueiros proliferam por estas paragens. Enfim... um dia isto ainda corre mal...!!! Adiante...

Chegados à N8, mais uma vez, a horas já pouco recomendáveis, motivado pelos atrasos iniciais... metade do pessoal teve se seguir para a Venda... não efectuando uma parte interessante do percurso. Para mal dos pecados, designadamente, do Álvaro... que há muito a quer fazer mas mais uma vez não efectuou esta variante. Se calhar até foi melhor assim... porque este sector é de alguma violência, especialmente para quem há já tanto tempo não andava. Mas da próxima não escapam...!!! Sr. Marco incluído... :)

Assim lá seguimos (Zé, Pedro e o Miguel) para o último sector desta volta. A primeira subida (leia-se parede) faz-se bem... se acariciando a menina aos poucos e poucos... é inclinada mas curta (como eu gosto) mas assusta só de ver... Mas é compensada pela descida até à "casota do cão bravo..." A tal descida de pedra molhada e algo perigosa que nos leva ao estradão rápido do bom piso e curvas fechadas... seguindo-se no final à direita, para voltar a subir para o Jerumelo.

Lá em cima decidimos ir fazer a tal parede que tanto nos assustava... para retornarmos à Malveira. Subir, subir e mais subir... devagar, devagarinho e paradinho... é o lema desta subida puxadota... especialmente depois dos k's que já tínhamos feito... mas lá se fez... e ainda bem que se fez pois deu-nos mais ideias de percursos... designadamente aproveitando este troço para o fazer a descer... Muito mais melhor bom...!!!


No alto... ligamos este troço com o que vem do Jerumelo e que tínhamos feito a semana passada... É a descer até à N8 no sector mais perigoso desta descida, onde há muita pedra e os braços são levados ao limite...

É claro que eu sofro deste mal porque a minha burrita não tem um suspensão de jeito...!!! Já os meus parceiros rapidamente se destacaram... com aqueles dois tractores devoradores de baixos e altos relevos... Até o sr. Pmac... que sempre subiu muito melhor do que descia... agora com a sua pequena bichaninha chama um figo a tudo o que desce... Assim não...!!! Assim não...!!!

Bom... a partir daqui nada mais há a contar... pelo menos nada de novo... Lá tivemos de rapar a "emocionante" e sempre deplorável subida até à rotunda da Malveira... para irmos lavar as máquinas... e também as vistas... Assim sim...!!! Assim sim...!!! Assim vale a pena...!!!

Para a semana há mais... Talvez sábado... porque dará mais jeito...!!! Vamos ver...!!!

PERCURSO: Venda Pinheiro - CRLI - Venda do Pinheiro
SAÍDA: 0915 hrs
CHEGADA: 1320 hrs
RIDETIME: 0251 hrs
MÉDIA:12 km/h
MÁX: 44,7 km/h
TIPOLOGIA: Alcatrão; Terra; Lama; Pedra
DISTÂNCIA: 33,4 km
TEMPO: Sol


3 comentários:

bytex disse...

Boas pessoal, antes demais o meu nome não é "Nuno" é "Bruno", mas adiante, peço desculpa ao pessoal por não me ter despedido mas estava muito atrasado, pois tinha os meus sogros em casa, e o dono da casa chegar tarde ao almço e deixar os sogros à espera é má onda...De resto mais uma volta bastante interessante e dura para mim e para a bike. Dei um malho lá na descida do rio (maçarico) e de resto dei cabo de um pedal e de um punho(é a vida dos pobres) e claro a bike começou apresentar os primeiros problemas de transmissão ao fim de 200 km. Já foi para manutenção, hoje vou buscá-la para logo à noite ir dar um giro.

Descobri que o pessoal é tudo 10 anos mais velho que eu, ou seja, sou um puto no meio deles, mas é tudo malta porreira para o gozo.

Portanto o que interessa é que o espírito não se perca, que haja sempre voltas e passeios para dar.

Uma boa semana para todos e até a próxima "ginkana"

Gur

ZE disse...

Epá... Nuno Agora já te re-baptizamos, e como tal, não podemos voltar atrás...

Allô BRUNO... Peço desculpa pelo "lapsus lingue..." Adiante...

NO WORRIES... Fazer esperar os sogros é coisa má... fizeste muito bem...

(Nem é pelos sogros... :) é que depois eles vão embora... mas ela... a filha deles... continua lá em casa... certo...!!! - Sofremos todos, ou quase todos, do mesmo SIF - Síndrome da Incompreensão Feminina)

Abraço e até à próxima volta

ZE disse...

Quanto às questões técnicas... é melhor ires-te habituando... até porque quanto mais confiança tens pior é... Arriscas mais, logo, estás mais perto do limite...

Em relação ao material... idem idem aspas aspas... Aquilo tem o seu limite natural... mas garantidamente tens ali material para muito mais de 200 kms... (o meu equipamento antigo - que era inferior ao que tens montado agora - aguentou-me mais de 4000 kms e à excepção do eixo pedaleiro e do desviador da frente o resto ainda montava muitas máquinas...) Só tens é de lhe dar alguns carinhos... para prolongar a sua existência... Mas isso acontece com qualquer gama de material...

"...que haja sempre voltas e passeios para dar..."