março 23, 2009

[RESCALDO] 22 MAR SINTRA

Mais um domingo, mais uma tirada, expectativas em alta…!!!

Uma saída mais intimista… apenas dois elementos… que os tenrinhos abundaram neste domingo… (risos). Um guia… o outro segue… que não conhece o caminho… Objectivo SINTRA

Eis, pois, Sintra, cuja mais antiga forma medieval conhecida, Suntria, apontará para o radical Indo-Europeu “astro luminoso”, “sol”.

Varrão e Columela designaram-na como Monte Sagrado; e Ptolomeu registou-a como a Serra da Lua.

Enfim, poderíamos iniciar aqui uma aula de Históricóóó-geografica ou outra qualquer ciência capaz de nos tornar mais doutos – porém estas linhas serão palco de outras descrições, não tão eruditas mas quiçá tão desafiantes…

Amanhece fresquinho… e quanto mais próximo da casa da partida mais fresquinho vai ficando… Sintra no seu registo habitual…!!! A isto junta-se um nevoeiro médio que nunca nos abandonou toda a manhã…!!!

O geógrafo árabe Al-Bacr, no século X, caracterizou Sintra como «permanentemente mergulhada numa bruma que se não dissipa»

Saímos da vila património mundial e temos uma serra para conquistar… Qual desafio intransponível, começa com 5 kms (certinhos) de subida alcatroada pela ESTRADA DA PENA – durinho para aquecer o músculo… era preferível uma saída mais ligeira mas é que temos… e quem dá o tem…!!!

O pensamento centrava-se na qualidade dos 5 kms finais, …algo que serviu de tónico toda a manhã…

Lá em cima o primeiro must… Um trilho lindíssimo…, de sentido único…, fechado no meio da densa vegetação leva-nos em direcção aos CAPUCHOS… Primeiro um single, depois uma double… e mais à frente um “””tringle”””.

Após algumas emoções encontramo-nos então no centro nevrálgico e desportivo destas paragens… os CAPUCHOS… Monges já não há mas não há vivalma que frequente esta idílica proeminência geológica que não passe ou re-passe por aqui… Daqui nascem e terminam dos mais belos e desafiantes spots de progressão bttística… E daqui saímos nós em direcção à PENINHA… Mais algum alcatrão para chegarmos ao promontório de onde se veria toda a região… e vimo-la de facto… mas toda igual… Branco mais branco não há….!!!! Foi “””peninha””” mas teve o seu encanto…!!!

Depois do reabastecimento e de algumas fotos conceptuais seguiu-se o primeiro desafio desafiante deste domingo… “Zé, abre a goela à máquina… que o amortecedor vai começar a trabalhar…!!!”

Desafiante dirão alguns…!!! Intimidante outros…!!! Eu direi apenas… Brutal…!!!

Começou o downhill… ou seria queda livre…!!!

Daqui para a frente nada seria como dantes… Foram trilhos e mais trilhos… uns largos… outros nem tanto… outros andavam pela metade… Andámos por ali às voltas em buscas das melhores razões para termos vindo para tão longe… E razões não faltaram…!!!

Encontrámos malta conhecida e outra menos conhecida… malta da terra e de outras terras…!!! Mas sempre de peito aberto para viver emoções fortes…

Peninha abaixo… Peninha acima… subimos as SÉRIES, contornamos os PICOTOS… passamos no MONGE numa busca desenfreada de um trilho especifico… Depois de uma parede inqualificável (esta sim dava uma série de séries…) Lá o encontramos, e lá temos de o fazer… PARTE I e PARTE II, às vezes a pé outras nem por isso… o downhill continua… chegamos lá abaixo e de regresso aos Capuchos temos de subir o ESTRADÃO DA RIBEIRA DA MULA… ainda doeu um bocado mas a velhota puxou por nós… Depois do susto que levou… até admira…!!! E não é que a velha, aliás… srª velha, continuou por ali acima… Espectáculo…!!!

Mas nós não… nós vamos para o outro lado… já cá voltamos…!!! Reentramos nas profundezas da serra para um trilho muito rápido paralelo à estrada… que nos conduz… por alguns kms em bom ritmo (a puxar mesmo) até atingirmos de novo a estrada…!!!

Ainda era cedo… pelo que decidimos reentrar na corrida… Regresso aos CAPUCHOS (outra vez…!!! Eu não disse…!!!) e agora sim… se a velhota lhe deu… nós também lá vamos… e fomos…!!! De volta ao MONGE lá subimos aquilo tudo… É para doer… é para doer… e doeu… Mais uma para figurar na lista das séries sérias…!!!

Lá em cima o que nos resta é descer… e pronto…!!! Para não variar lá tivemos de montar o pára-quedas… Finalizar o dia com o violentíssimo downhill… Com mais quatro bravos que se “ajuntaram” a nós lá fomos por ali abaixo… literalmente…!!! LL que o diga… Após um engano que nos fez trepar a montanha por alguns metros… retomamos o curso da coisa e CABUMM….!!! Lá vai shô LL para a caminha… e ficou mesmo preso… ””ganda piparote…””” felizmente sem consequências… até deu para (depois de aquilatar das reais condições físicas do atleta) me aproximar.. desarmar a mochila… retirar a – mais que nunca – registadora de figuras tristes – e calmamente retirar alguns bonecos que figurarão – seguramente – no nosso “very best of essencial”…



Retirado o autor da proeza do buraco… seguimos por ali abaixo à mão… que o caminho violentava cada vez mais estas penadas almas que por ali deambulavam…!!!

Estávamos no fim… daqui só paramos em Sintra… mas primeiro passamos nos..., …isso mesmo…, …nos CAPUCHOS… (risos)

E lá fomos… e voltando ao inicio… àqueles tais 5 kms… Agora muito mais agradáveis, são mesmo muito agradáveis… Descomprimindo por ali abaixo… Em boa velocidade seguimos até à vila… felizes e contentes… para acabar estes – mais estes – quarenta kms de puro prazer

Já em plena SINTRA, um pequeno erro de percurso… leva-nos inesperadamente à última emoção do dia… um downtown pela RUA DA FERRARIA com escadaria incluída dá-nos acesso ao coração da vila para um final apoteótico…!!!! Magistral…!!!

De alma cheia… e com algum atraso no cronómetro ainda há tempo para uma última incursão pelas ruas e vielas deste nosso pedaço de paraíso para a aquisição das tão afamadas receitas gastronómicas da doçaria regional… Isto não é suborno… mas chegar a casa munido de um docinho… calha sempre bem…!!!

Para semana há mais… “ONDE O MAR É MAIS AZUL”…!!!




o início...

...o meio...

... o fim
estes 5 já ninguém nos tira :)

... LL para a posteridade

... Sintra no seu melhor

... A "PENINHA"

... OS "BRAVOS"

... A "CIÊNCIA"

... O "SANTUÁRIO"

... o GUINCHO

... CASCAIS
(belas paisagens... :S)


... Sintra (puro e duro...!!!)

... a parte pura...!!!

... a parte dura...!!!

... mais do mesmo ...

... mais do mesmo ...

... duro...???
NAHH... Nem por isso...!!!


... AAAIIIIII ...!!!

... raio de luz ...

... o homem tem jeito ...

... o que as subidas fazem ...

... e as descidas ... :)

... mas o que é isto ...!!!

... não há dignidade...!!!

... nenhuma...!!!

... valha a verdade que isto não é para todos...

... ou nenhuns ...

... sãos e salvos ...

... mais salvos que sãos ...

... venham as calorias ...

... NAHHH...!!!
São para elas... :)

3 comentários:

ZE disse...

À atenção dos tenrinhos...!!!

É para fazer com mais pessoal s.f.f.

Muito bom... obrigado LL pela demonstração de alto rendimento...

Jorge disse...

Boa noite,

Ainda hesitei no comentário não vá julgar-se que acuso o toque. Quem não foi é Tenrinho, quem não foi e comenta, é-o ao quadrado ?!?

No entanto, apraz-me dizer que as fotos caracterizam o melhor da Serra de Sintra, da única vez que lá estive , são precisamente essas imagens que retenho. Aqui não incluo a parte do Zoologia/ Zoo-Lógica... ou como se diz por aqui... Cada macaco no seu galho... Estaria LL no seu ???

O relato sem mácula, muito bem conseguido e extremamente didáctico... Fiquei com vontade de conhecer mais sobre Sintra.

Negativamente registo a ausência do Jersey... Shame on you :(

Cumps

ZE disse...

"Cada macaco no seu galho... Estaria LL no seu ???"

- Retenho o carinho familiar tão vincado... -

"Quem não foi é Tenrinho, quem não foi e comenta, é-o ao quadrado ?!?"

- Não iria tão longe... porém da próxima vez... terá de ir para... Não comentar...!!! -

"Negativamente registo a ausência do Jersey... Shame on you :("

- Shame on me... Shame on washing machine... Shame on autoridades usurpadoras de jerseys de reserva... :):):):):):) -